O tempo é relativo. De maneira geral, entendemos que o tempo são os anos, dias, horas e minutos, contados pelos relógios e calendários. Mas o tempo de Deus vai muito além disso. É Kairós!

A palavra Kairós é de origem grega, e significa “momento certo ou oportuno”. Ou seja, é o tempo que não se mede, que não é quantitativo mas sim qualitativo. É o tempo das surpresas, da graça divina, do indeterminado e que, de fato, dá sentido à nossa existência.

Portanto, o tempo de Deus é bem diferente do nosso. Como Pai criador, Ele nos convida a viver em plenitude, a gastar nossos dias com o que realmente importa.

Vocação é chamado e resposta no tempo de Deus. Cada um tem seu próprio tempo para perceber sua vocação e para encontrar seu caminho. Esperar, amadurecer e respeitar cada momento é fundamental para o discernimento vocacional.

Quantas vezes paramos para pensar naquilo que poderia ter sido diferente no passado? Quanto tempo gastamos planejando o futuro?

E como estamos vivendo, de fato, nosso presente?

Permita que Deus faça da sua vida um tempo constante de graça. Em Deus, o tempo é bem vivido. É Kairós!

Via A12