Papa Francisco responde a carta de bispo brasileiro e incentiva trabalho pelas vocações

O Papa Francisco respondeu à mão a uma carta enviada pelo Bispo de Paranavaí (PR), Dom Mário Spaki, na qual o Prelado fala sobre Ação Evangelizadora “Cada Comunidade uma Nova Vocação”, da qual é coordenador.

De acordo com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Spaki escreveu ao ao Pontífice em 19 de janeiro, contando-lhe sobre esta ação evangelizadora que busca promover e rezar pelas vocações.

O Prelado contou que “foi uma explosão de alegria quando abri meu e-mail e vi o remetente San Pietro – Vaticano, com anexo em PDF do Papa Francisco”.

Para Dom Spaki, “seja nas palavras como também na resposta imediata, o Papa deixa transparecer o seu jeito de ser: simples, direto, humilde, muito delicado e grande motivador”.

Em sua resposta, o Santo Padre agradeceu pela missiva enviada e expressou: “Gosto muito deste trabalho pelas vocações! Obrigado por aquilo que você faz. Deus permitindo nos veremos em fevereiro, na visita ad limina”.

Por fim, pediu que o Bispo reze por ele e assegurou suas orações pelo Prelado. “Que Deus lhe abençoe e Nossa Senhora lhe proteja”, concluiu.

Conforme explica a Conferência Episcopal, a Ação Evangelizadora “Cada Comunidade uma Nova Vocação” nasceu no Regional Sul 2 da CNBB e tem como base dois eixos de atuação, isto é, rezar pelas vocações e divulgar testemunhos vocacionais de quem vive com alegria sua vocação.

No eixo da oração, indicam, o objetivo é unir a Igreja em um único corpo, colocando em prática uma frase do Evangelho: “Pedi ao Senhor da messe que envie operários para a sua messe” (Mt 9,38).

Concretamente, pedem que todas as celebrações na igreja e grupos sejam precedidas por uma dezena do rosário, conscientemente, pelas vocações.

Quanto ao eixo da comunicação, assinalam que se trata de divulgar pelos meios de comunicação, sobretudo redes sociais, breves testemunhos de quem vive com alegria a sua vocação, disponíveis também no site http://www.vocacoes.org.

Os dois eixos da ação evangelizadora vêm sendo desenvolvidos em várias dioceses do Brasil e em alguns outros países. Segundo Dom Mário Spaki, “os frutos vocacionais já estão aparecendo”.

Via ACI Digital

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário